O MÍNIMO PARA VIVER (TO THE BONE), ORIGINAL NETLFLIX

Chega à Netflix o filme O Mínimo Para Viver (To the Bone), um drama que traz a anorexia como tema principal. Ellen (Lily Collins) é uma jovem de 20 anos que lida com o distúrbio alimentar que afeta milhares de pessoas mundialmente. Entre idas e vindas às casas de reabilitação, juntamente com o lado rebelde da garota ao enfatizar que a situação está sob controle, o médico William Beckham (Keanu Reeves), cruza o seu caminho para lhe oferecer um tratamento nada convencional que desafia a enfrentar a sua condição, como também mostrar que há esperança em abraçar a vida novamente.


O longa começa com Ellen chegando em casa, depois de ter sido expulsa de uma clínica de recuperação para anorexia. Ela foi considerada uma má influência para outras garotas.
Ela tem um mal relacionamento com a família. O pai é uma figura extremamente ausente, aliás ele nem aparece no filme.


As características da personagem são muito bem descritas, desde não comer (ou mastigar e cuspir) até caminhar/fazer abdominais para não engordar. Ela também ficava calculando quantas calorias tinha em cada coisa.





Logo no começo do filme, há um aviso dizendo que contêm cenas que podem servir de gatilho, principalmente para as pessoas que estão passando pelo mesmo problema retratado. O Mínimo Para Viver faz questão de mostrar possíveis comportamentos que um anoréxico pode ter. Por um lado, é interessante mostrar a verdade nua e crua de uma doença como essa; mas por outro, é preciso ter cuidado, afinal, pessoas que sofrem dessa condição ou tendem a se inclinar para esse caminho podem aprender com esses gatilhos, o que pode tornar o filme negativo.
Eu gostei muito muito do filme, e achei o final bem condizente, real, apesar de que nem todos gostaram. O filme retrata a vida real não se pode esperar flores e sorrisos sempre. É uma doença, o tratamento não é fácil, requer paciência e, principalmente, aceitação.

Então amores, já assistiram o filme ? o que acharam ? 

3 comentários:

  1. Ainda não assisti, mas está na minha lista faz um tempo já kkkkk..
    Eu amo files e series que mostram realidades, e como voce disse é interessante ver a verdade nua e crua, isso é uma doença e merece atenção, a Netflix está de parabens com esses filmes e series que retratam esses casos que acontecem em muitas vidas por aí né..
    Amei seu post, super completo!
    Beijaoooo!
    DETUDOBLOG.COM | FAN PAGE | INSTAGRAM

    ResponderExcluir
  2. Oi!!
    Ainda não assisti, a anorexia infelizmente é uma doença terrivel. Tenho uma amiga que tem, e alem do tratamento os pacientes precisam do apoio de todos que os amam.

    ResponderExcluir